Henry Kelsey Facts


Henry Kelsey (ca. 1667-1724) foi um explorador canadense de origem inglesa e governador do exterior da Hudson’s Bay Company. Ele foi o primeiro europeu a visitar o interior do oeste do Canadá e o inverno nas pradarias.<

Henry Kelsey foi aprendiz em 1684 para a Hudson’s Bay Company por um período de 4 anos. Ele eventualmente serviria a empresa por quase 40 anos, passando todos os anos, exceto 3, nos arredores da baía. Ele foi enviado imediatamente, “seu tempo para começar em sua chegada na baía e terminar de sua vinda de lá que deverá ter £8 e duas suítes de vestuário”

Não como a maioria dos empregados da empresa, Kelsey não hesitou em atacar o interior das margens da baía. Este espírito aventureiro foi observado pelo comitê em Londres, que determinou ao governador residente “que o rapaz, Henry Kelsey abelha enviado a Churchill River porque Wee está informado de que ele é um rapaz muito ativo se deliciando muito na empresa indiana, nunca estando melhor satisfeito do que quando ele está viajando entre eles”. De 1690 a 1692, ele se estendeu pelo interior e foi o primeiro europeu a visitar as pradarias canadenses. Seu diário descreveu as imensas pradarias do interior, o incrível espetáculo dos vastos rebanhos de búfalos e uma emocionante vinheta de seu encontro com um urso pardo. Kelsey também desenvolveu um raro talento para compreender os dialetos indianos.

Em 1694 Kelsey foi capturada por D’Iberville, o comandante de uma força expedicionária francesa. A França e a Inglaterra estavam então engajadas, em lados opostos, na Guerra da Sucessão Espanhola. O confinamento de Kelsey não foi árduo, mas ele foi aliviado no verão de 1696, quando a Marinha Real apareceu na baía e Ft. York foi retomada. Durante os 20 anos seguintes, ele foi marinheiro ao serviço da empresa.

Kelsey foi nomeado vice-governador na baía em 1714 e estava presente para receber a rendição de Ft. York dos franceses (que a haviam capturado novamente). Em 1718 ele sucedeu ao cargo de governador residente, um cargo que ocupou durante 4 anos. Ele voltou à Inglaterra em 1722 e morreu lá 2 anos depois enquanto aguardava a capitania de um navio para retornar à Baía de Hudson.

Leitura adicional sobre Henry Kelsey

The Kelsey Papers (1929), editado com uma introdução de Arthur G. Doughty e Chester Martin, e uma biografia de A. M. Johnson em Hudson’s Bay Record Society, vol. 25 (1965). Também de alguma utilidade é J. W. Whillans, First in the West: The Story of Henry Kelsey (1955). Breves mas bons relatos estão em Arthur S. Morton, Uma História do Oeste Canadense para 1870-71 (1939), e Glyndwr Williams, A Busca Britânica da Passagem do Noroeste no Século XVIII (1962).


GOSTOU? PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS!