Edward Bradford Titchener Facts


O psicólogo anglo-americano Edward Bradford Titchener (1867-1927) foi o chefe da escola estrutural de psicologia.<

Edward Titchener nasceu em 11 de janeiro de 1867, em Chichester, Inglaterra. A família era velha e distinta, mas havia pouca riqueza. Por bolsa de estudos, Titchener ingressou no Malvern College, uma escola preparatória anglicana de primeira linha, e demonstrou um impulso característico e excelência. Um ano, quando os prêmios escolares foram entregues pelo poeta americano visitante James Russell Lowell, Titchener foi tão freqüentemente chamado que Lowell comentou: “Sr. Titchener, estou cansado de ver seu rosto”

A família pretendia Titchener para o clero anglicano, mas seus interesses não estavam na religião. Em 1885 ele entrou no Brasenose College, Oxford, com uma bolsa de estudos clássica, mas logo se voltou para um estudo de biologia e depois psicologia comparativa. Ele conheceu Sir John Scott Burdon-Sanderson, um dos primeiros biólogos experimentais da Inglaterra, e dois grandes expoentes do darwinismo, T. H. Huxley e John George Romanes. Titchener continuou interessado em psicologia comparativa, mas não havia estrutura ou rigor suficiente no assunto para satisfazê-lo.

A poucos anos antes Wilhelm Wundt em Leipzig havia fundado a psicologia como uma ciência sistemática e experimental da mente humana. Burdon-Sanderson sugeriu que Titchener fizesse seu trabalho de pós-graduação ali na “nova psicologia”. Com Wundt, Titchener encontrou o tipo de estudo que ele vinha buscando, e este estudo analítico da experiência humana ocupou-o pelo resto de sua vida.

Após receber seu doutorado em 1892, Titchener aceitou um cargo no recém-fundado laboratório de psicologia da Universidade Cornell. Ele rapidamente se tornou professor titular e chefe do departamento de psicologia, quando a psicologia se tornou independente da filosofia. Para preencher o vazio de livros didáticos em psicologia experimental, ele publicou seu Outline of Psychology (1897) e seu monumental volume de quatro volumes Experimental Psychology (1901-1905). Ele foi um orador inspirador, e suas palestras se tornaram lendas entre gerações de estudantes de Cornell.

Cozinha enfatizou a psicologia como uma ciência, em contraste com a tecnologia, desejando os fatos da experiência, sem nenhuma noção particular de aplicação. Sua escola estrutural estudou o mundo da experiência em termos do indivíduo experiente e explicou a experiência em termos do sistema nervoso. O modelo de estruturalismo era a química, sendo a tarefa analisar as experiências complexas da vida diária em seus componentes elementares e depois tentar entender a natureza do composto. Sua principal ferramenta foi a introspecção, a descrição sistemática da experiência. Titchener’s A Textbook of Psychology (1910) tornou-se a bíblia da escola.

Em 3 de agosto de 1927, Titchener morreu em Ítaca. Sem ele e seu sistema como ponto de referência, a psicologia sistemática foi jogada no caos, e talvez por causa disso

o dia do sistema psicológico geral logo chegou ao fim.

Leitura adicional sobre Edward Bradford Titchener

Não há uma biografia definitiva de Titchener. Uma boa discussão, embora curta, está em Edwin G. Boring, Psychologist at Large (1961).


GOSTOU? PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS!